Beyoncé causa alvoroço político

Postado em: 11-02-2016

A apresentação de Beyoncé no show de intervalo do Superbowl 50 deu o que falar: a cantora americana fugiu do repertório “mainstream” habitual, dando lugar a críticas veladas contra a violência policial e a referências aos Panteras Negras, movimento radical de luta pelos direitos civis.

Na noite de domingo, diante de 111,9 milhões de telespectadores nos Estados Unidos – a terceira maior audiência da história da TV americana -, a estrela cantou sua nova música “Formation”, lançada na véspera, para a surpresa de todos.

Suas dançarinas usavam boinas pretas e erguiam o punho, como membros dos “Black Panthers”, e fizeram uma coreografia na qual formavam um X, possível referência ao líder negro Malcom X, no gramado do Levi’s Stadium de Santa Monica, palco da finalíssima do futebol americano.

Beyoncé deveria ter sido apenas a coadjuvante do show comandado pela banda britânica Coldplay, aparecendo nos minutos finais ao lado de Bruno Mars, mas acabou roubando a cena, usando um figurino inspirado em Michael Jackson.

Amplamente divulgado na Internet, o clipe da nova música denuncia a forma como a população negra de Nova Orleans sofreu com as consequências do furacão Katrina, em 2005.

Fonte: em.com.br