Vou levar isso tudo como um aprendizado. Entendo todos aqueles que defendem o amor aos animais. Mas acredito também que possamos fazer isso sem estimular xingamentos ou acusações, e, sim, promovendo a conversa entre todos nós. Se queremos um mundo melhor, vamos começar incentivando o diálogo pacífico e respeitoso. Reforço as minhas desculpas verdadeiras a quem tenha se sentido ofendido”, disse o moço fazendo a linha arrependido.

O negócio está feio para o lado do rapaz. Ele está sendo massacrado nas redes sociais, principalmente pelos protetores dos animais, como o perfil Direitos dos Animais, no Facebook.