Tico Santa Cruz é expulso de voo que partia de São Paulo

Postado em: 14-04-2016

O músico Tico Santa Cruz, ex-vocalista do Detonautas, foi retirado por policiais federais de um voo da Gol na manhã desta quarta (13) após discutir com funcionários da companhia.

Santa Cruz, que voaria de São Paulo para Maringá (Paraná), causou tumulto na aeronave após embarcar com atraso e sentar-se em um assento vazio. O músico foi informado de que o lugar tratava-se de uma poltrona conforto e que precisaria ter pago valor extra para poder viajar nela.

A discussão do cantor dentro da aeronave foi gravada por vários passageiros e alguns vídeos circularam pela internet. Santa Cruz, que tem sido um dos principais apoiadores da manutenção do governo Dilma Rousseff (PT), foi ironizado pelos passageiros. Um deles chegou a comentar que ele deveria viajar no “jatinho do Lula”.

Em vídeo divulgado no Facebook, o músico disse que, ao comprar as passagens, tentou reservar o assento conforto, mas não teve sucesso e decidiu esperar todos estarem em seus lugares para entrar na aeronave. “Fiz o check-in, esperei que todas as pessoas embarcassem para não pegar o assento de ninguém e, só assim, fui ao assento. Quando vi que estava disponível, sentei e tentei pagar os 25 reais a mais para comissária”, explicou.

Fonte: msn.com